Compartilhe

Projetos em destaque

Professor vira youtuber e populariza ensino de física

Professor vira youtuber e populariza ensino de física

“Quanto mais repertório você tem, mais chance de combiná-lo em novas situações e propor novas soluções. Criatividade é uma soma de repertório, sensibilidade e visão sistêmica.”

Partindo dessa tríade conceitual, em 2010, após mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o professor de física Ivys Urquiza passou a escrever em um blog para ajudar a sanar dúvidas dos estudantes sobre o novo formato de avaliação. No ano seguinte, sua página já aparecia em primeiro lugar orgânico nos motores de busca do Google com as palavras ‘física’ + ‘Enem’ combinadas.

A ‘cultura YouTube’ presente no público vestibulando impulsionou o físico a experimentar o formato audiovisual na maior plataforma de vídeos do mundo. Após um piloto com um grupo de 30 ‘feras’ – como se refere aos alunos –, ele percebeu que esse era o caminho definitivo para ensinar sua ciência. De 2013 até hoje, 318 mil pessoas se inscreveram no canal Física Total.

“O canal foi criado porque infelizmente a educação em nosso país é cheia de problemas, e um deles é que a física não é entregue de uma maneira apaixonante. A maioria das pessoas precisa de um repertório matemático, que é ausente, e de um conhecimento científico, que não é disponibilizado. Eu tentei juntar tudo isso a uma linguagem jovem das redes sociais”, conta o professor youtuber.

O propósito imediato do projeto é levar o ensino de física com qualidade para qualquer pessoa que esteja conectada à internet. Outra meta é “o resgate da autonomia do profissional da educação e o fomento de uma geração de ‘POPsores’”.

“As plataformas de streaming de vídeo são alternativas que permitem aos professores aumentar o alcance de seus trabalhos. Creio que, em curto e médio prazo, as escolas presenciais farão cada vez mais uso de recursos digitais e as práticas escolares serão cada vez mais híbridas”, projeta.

Ivys Urquiza durante gravação para o canal Física Total

Em 2017, o pernambucano radicado em Maceió (AL) deixou as salas de aula convencionais após 25 anos de atuação. Hoje, ele se dedica integralmente a atividades educativas na internet, com a receita advinda do portal também chamado Física Total, que oferece curadoria de conteúdo de sua disciplina: materiais de apoio em PDF, resumos teóricos, exercícios resolvidos, entre outros.

Ivys, que é embaixador do YouTube Edu, acredita que tanto ele como os demais profissionais da educação necessitam buscar espaços alternativos de desenvolvimento de habilidades cognitivas, e cobra do poder público políticas de fomento a projetos nessa área.

O erro como possibilidade criativa
Muitos best-sellers recheiam as prateleiras das livrarias falando sobre o sucesso e, inexoravelmente, repudiando a ideia de fracasso. Para o professor youtuber, o medo de errar e a educação deveriam ser repensados.

“É possível aprender e crescer com os erros. É preciso perder o medo de errar para desenvolver a criatividade. Eu sou aquele cara que acredita que uma boa ideia e a força de vontade podem transformar o mundo”, resume Urquiza.

Lição de pai: #LQVP
Todas essas concepções têm origem familiar. O professor, de 45 anos, conta que seus parentes sempre estimularam os sonhos e os projetos dele e das crianças de sua geração. Seu pai, então, lhe ensinou a primeira e principal fórmula da vida, muito antes de Ivys aprender qualquer outra equação física: #LQVP

“Ele me disse: ‘Filho, sempre que você tiver algo verdadeiramente seu, cerque-se de pessoas que potencializam suas habilidades. E tenha firmeza de caráter para buscar com toda energia seu sonho, pois todos os objetivos são conquistáveis. Lembre-se que você pode (#LQVP)’”, conta, revelando a hashtag que carrega no peito em sua camiseta inseparável.

Fonte: Enio Lourenço. As coisas mais criativas do mundo

Compartilhe

2 comentários

  1. Muito show o artigo, Yves (que não é Lacoste) mas ja é uma inpiração e vou lembrar sempre disto #LQVP, tenha certeza.

  2. Todos temos medo de errar. Se eu tenho medo de errar, é porque estou arriscando, é porque estou tentando! amei a reportagem! super fã no Yvys!

Deixe um comentário